PPR Proteção Respiratória

Novo PPR Fundacentro

28 nov 16 Por Claudinei Machado 0 comentários
novo-ppr-fundacentro

Novo PPR Fundacentro

RESUMO: A publicação contém informações sobre os riscos respiratórios, procedimentos de seleção do respirador, treinamento dos atores envolvidos, escolha do tamanho da peça facial que melhor veda o rosto e o seu uso correto.

Em sua quarta edição, o livro Programa de Proteção Respiratória (PPR) está disponível no site da Breathe para Download. De autoria dos pesquisadores da Fundacentro de São Paulo, Antonio Vladimir Vieira, Silvia Helena de Araujo Nicolai, José Damásio de Aquino, Eduardo Algranti e do colaborador Maurício Torloni, a publicação apresenta os requisitos de um Programa de Proteção Respiratória, com descrição do conteúdo mínimo e dos procedimentos operacionais.

Além disso, informa quais são os métodos de como implementar e administrar o programa e das responsabilidades do empregador e do empregado. São 209 páginas, que traz orientações sobre avaliação dos ambientes de trabalho, visando à seleção do equipamento de proteção respiratória adequado ao usuário, à tarefa e ao ambiente.

O livro também engloba os conteúdos de requisitos para avaliação física de candidatos ao uso de respiradores, treinamento para profissionais envolvidos com o uso de respiradores, procedimentos para realização de ensaio de vedação e orientações sobre higienização, limpeza, manutenção, guarda e descarte de respiradores.

“Esta publicação teve a coordenação técnica do professor Maurício Torloni, o qual infelizmente faleceu no ano de 2015, não tendo tempo para ver a publicação de mais esse trabalho”, comentam os pesquisadores.

 Faça download do livro Programa de Proteção Respiratória (PPR)

 

Vídeo da FUNDACENTRO sobre Proteção Respiratória

Este vídeo orienta para a utilização de EPI contra poeiras, fumos, névoas, vapores, fumaças e gases, sempre como complementos às medidas de proteção coletiva. Como base para um controle eficiente, a Fundacentro elaborou o PPR- Programa de Proteção Respiratória, que dispõe sobre um conjunto de medidas práticas e administrativas que deve ser adotado em todas as empresas onde seja necessário o uso de respiradores.