Equipamentos Sistemas

Compressores de Ar Respirável

17 jun 11 Por Claudinei Machado 0 comentários
compressor de ar respirável

Compressores de ar respirável

Típioo sistema de baixa pressão – compressor lubrificado
utilizado como fonte de ar respirável

A OSHA não especifica ou faz qualquer ressalva com relação a qualquer tipo de compressor que venha a ser utilizado com a finalidade de produzir ar respirável. Compressores lubrificados a óleo ou isentos podem ser utilizados como compressores de ar respirável. Em muitos casos, compressores de ar de plantas industriais ou setores de utilidades podem ser utilizados com segurança como fontes de ar respirável desde que sejam tomados os devidos cuidados com relação à filtragem, purificação e controle da qualidade do ar. Estes itens, por sinal, são exigências da norma OSHA. Independentemente do tipo de compressor, a entrada de ar deve estar localizada de forma a minimizar a entrada de contaminantes. Geralmente é mais fácil atender a essas exigências, se a entrada estiver localizada no exterior da planta, longe de áreas de escape de motores de combustão, chaminés de descarga, bocas de exaustão e ventilação ou outras fontes possíveis de contaminação que possam estar presentes. Essas são exigências da OSHA para que a linha e os filtros adsorventes apresentem desempenho necessário para atingir grau D, ou melhor, qualidade do ar. O sorvente específico e os filtros necessários para atender a essa exigência estão em grande parte em função da qualidade do ar produzido, ou desenhado em um compressor, em particular. Essencialmente, os sistemas disponíveis para melhorar a qualidade do ar se encaixam em duas categorias: 

Sistemas de Filtração 

Este tipo de sistema remove os contaminantes de aerossóis (principalmente por água e vapores de óleo). São geralmente constituídos por um ou mais elementos filtrantes. É comum encontrar um dos filtros com carvão ativado para remover traços de vapores orgânicos, hidrocarbonetos e/ou odores. Sistema de filtração não removem o monóxido de carbono ou outros contaminantes gasosos, e também não reduzem o ponto de orvalho. 

Sistemas de purificação

Sistemas de purificação são conjuntos de filtros utilizados na remoção de contaminantes aerossóis e gases contaminantes específicos, incluindo o monóxido de carbono. Eles podem ou não incluir um secador de ar para reduzir o ponto de orvalho, catalisadores de monóxido de carbono, filtros ou sistemas de filtragem tão simples como filtros coalescentes e filtros de tela ou tão complexos quanto se deseje, como por exemplo peneiras moleculares, filtros por adsorção e filtros catalisadores para obter de qualidade de ar na saída. 
Todos os sistemas de purificação têm limitações quanto a capacidade de retenção de contaminantes específicos, concentrações e tempo de exposição desses filtros a contaminantes. Nenhum sistema pode garantir sempre grau D, ou melhor, a qualidade do ar nos critérios exigidos pela norma OSHA na grade ‘D’.
O regulamento OSHA requer que o adsorvente ou filtros presentes devam ser mantidos sob condições especificadas pelo fabricante e substituídos também conforme orientação dos fabricantes.